Falta de manutenção? Quanto custa?

O regime jurídico de segurança contra incêndio em edifícios atribuiu ao administrador do condomínio a responsabilidade por estas e tantas outras questões relacionadas com a manutenção das condições de segurança contra risco de incêndio e a execução das medidas de autoproteção. As contraordenações para a inexistência ou a deficiente instalação, funcionamento ou manutenção dos extintores de incêndio, a inexistência ou a deficiente instalação, funcionamento ou manutenção dos equipamentos ou sistemas de controlo de monóxido de carbono, a obstrução, redução ou anulação das portas corta-fogo, a inexistência ou a deficiente instalação, funcionamento ou manutenção dos sistemas de deteção, alarme e alerta variam de €180 até ao máximo de 27.500 euros.